A Aneel multou a Light em R$ 28,3 milhões “por não prestar serviço adequado quanto ao fornecimento de energia elétrica aos consumidores de sua área de concessão”.

A empresa é a responsável pela distribuição de energia elétrica na Região Metropolitana do Rio. O auto de infração, obtido por O Globo, foi emitido nesta semana. A fiscalização foi feita em novembro do ano passado. A empresa pode recorrer à diretoria colegiada da própria Aneel.

De acordo com o documento, no período de outubro de 2022 a setembro de 2023 a Aneel acompanhou o tempo de duração das interrupções de energia elétrica no sistema de distribuição da Light (BOV:LIGT3). Para 39.930 interrupções, o tempo de restabelecimento da energia foi superior a 24 horas, prejudicando um total 77.651 consumidores, afirma a área técnica da agência.

Os dados da Aneel mostram que, no período analisado, a Light teve um percentual de 16,67% das interrupções restabelecidas acima de 24 horas, o que está com 2,51 vezes acima da média Brasil.

Informações BDM
LIGHT ON (BOV:LIGT3)
過去 株価チャート
から 4 2024 まで 5 2024 LIGHT ONのチャートをもっと見るにはこちらをクリック
LIGHT ON (BOV:LIGT3)
過去 株価チャート
から 5 2023 まで 5 2024 LIGHT ONのチャートをもっと見るにはこちらをクリック